segunda-feira, 14 de maio de 2012

Quinta da Guarita ou Solar Serpa Pimentel
















Escudo francês encimado por coroa de visconde e timbre.
Esquartelado: I - Serpa. II - Pimentel (modernas). III - Freire. IV - Machado.
Timbre de Serpas.
(edit 13/07/2014)


Manuel de Serpa Pimentel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manuel de Serpa Pimentel, 2.º Barão de São João de Areias, nasceu em 1818 e faleceu em 1910.

Biografia

O Dr. Manuel de Serpa Pimentel nasceu a 1 de Outubro de 1818, sendo filho do Dr. Manuel de Serpa Machado e de D.ª Ana Rita Freire Pimentel, o quarto dos dez filhos do casal.
Os seus irmãos foram, por ordem de nascimento:
Tal como alguns de seus irmãos, Manuel de Serpa Pimentel também se notabilizou ocupando cargos de alto relevo a nível nacional.
Casou em 1886 com D.ª Maria Maximina de Mendonça Falcão e Póvoas, e faleceu a 27 de Setembro de 1910, sendo enterrado a 28 do mesmo mês no cemitério de Silvares, que ele próprio concluiu.
Não tendo descendentes, deixou o solar e a Quinta da Guarita a seu sobrinho (filho de seu irmão Bernardo) Cap. Francisco de Serpa Machado Pimentel; este, solteiro e sem descendência, deixou os mesmos bens a sua irmã D.ª Violante de Serpa Pimentel de Melo e Castro, e esta a seu filho Bernardo de Serpa e Melo Pereira Brandão, seu último possuidor, que vendeu o recheio do solar (incluindo os retratos a óleo dos seus célebres e honrados antepassados) a uma casa de comércio de velharias e o solar e as propriedades ao seu rendeiro.

Honras e cargos

O Dr. Manuel de Serpa Pimentel foi o herdeiro do seu tio Dr. Francisco de Serpa Saraiva, sucedendo-lhe no título como 2.º Barão de São João de Areias (renovação por decreto de D. Luís de 4 de Julho de 1866) e foi:
  • Moço Fidalgo da Casa Real,
  • Comendador da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa (8 de Maio de 1866),
  • Juiz Adjunto do Tribunal Superior de Guerra e Marinha,
  • Juiz Conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça.

Bibliografia

NEVES, António Nunes da Costa (2002) - Igreja Matriz e Capelas da freguesia de S. João de Areias, Grupo de Arqueologia de Arte do Centro (GAAC), Coimbra, 201 pp.
PIMENTEL, Jayme Pereira de Sampaio Forjaz de Serpa - Livro de Linhagens. Vol. 2. Braga: Ed. do autor, 1916, pp. 137–142.

1 comentário: