domingo, 4 de dezembro de 2016

Pedra de armas apeada em São Pedro do Sul

Escudo sob elmo.
Esquartelado: I - Cardoso. II - Barros. III - Soares de Albergaria. IV - Melo ou Almeida.

Apeada junto à Câmara Municipal de São Pedro do Sul.

Pedra de Armas da antiga quinta de Veiros (Serrazes).

   Pedra de Armas da capela da antiga quinta de Veiros (Serrazes), apeada junto à Câmara Municipal de São Pedro do Sul. Pedra que se encontrava nos antigos "´Balneários do Banho", em Termas de São Pedro do Sul, junto com uma pedra epigrafada, ambas fotografadas cerca de 1960 por Luís Ferros, e que podem ser vista neste post anterior.

  Devem tratar-se das armas de João Correia de Lacerda, senhor da quinta de Veiros, em Serrazes, São Pedro do Sul, que recuperou a capela da casa em 1743.


Escudo sob coronel de nobreza.
Partido: I - Correia. II - Lacerda.

Pedra de armas apeada em São Pedro do Sul.

Pedra de armas  apeada junto à Câmara Municipal de São Pedro do Sul.
Pedra que se encontrava nos  antigos "´Balneários do Banho", em Termas de São Pedro do Sul, fotografadas cerca de 1960 por Luís Ferros, e que pode ser vista neste post anterior.
Podemos encontrar esta mesma representação numa casa de Vouzela, anteriormente publicada aqui.

 Armas de Homem, com um trifólio como diferença.

Pedra com as armas do reino apeada em São Pedro do Sul.

Armas do reino sem coroa (mutiladas?)

Junto à Câmara Municipal de São Pedro do Sul.

Igreja de São Francisco, São Pedro do Sul.


 Reutilização de silhares almofadados romanos?

Cata-vento

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Sêlo de chapa da Junta Provisional do Governo Supremo do Reino


"GOVERNO SUPREMO INSTITUIDO NA CIDADE DO PORTO"

Sêlo de chapa com as armas de D. Rodrigo José de Menezes, 1º conde de Cavaleiros.

Escudo sob coronel de conde e timbre de Pereiras.
Armas de Pereiras.
Do 1º conde de Cavaleiros.

D. Rodrigo José de Menezes, Cavaleiro professo na Ordem de Cristo, do Conselho de sua Majestade e do de sua Real Fazenda. Viador da Princesa Nossa Senhora. (Doc. de 5-04-17?9.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Sêlo de chapa com as armas de Ascenso de Sequeira Freire

Escudo sob coronel de nobreza e timbre de Sequeiras.
Partido de: I - Sequeira. II - Sousa do Prado.

Ascenso de Sequeira Freire, do Conselho de S.A.R., comendador na Ordem de Cristo, Governador e Capitão General das ilhas da Madeira e Porto Santo. (Doc. de 19-02-1804)

Sêlo de chapa com as armas de Aniceto Simão Borges

Armas de Borges sobre troféus militares.

Aniceto Simão Borges, Cavaleiro professo na Ordem de São Bento de Avis, coronel do Regimento de Infantaria nº3, da Divisão do Norte. (Doc. de 19-02-1804).

Sêlo de chapa com as armas de Joam de Guildmeister

Armas de Joam de Guildmeister.

 Cônsul Geral pelos muito altos e poderosos senhores Estados Gerais das Províncias Unidas nestes Reinos e senhorios de Portugal. (Doc. de 16 de Janeiro de 1749).

Sêlo de chapa com as armas de Francisco José Gattinara de Miranda

Armas de Gattinari (Itália)
Listel com a legenda: VINCENDUM AUT MORIENDUM

José Gattinara de Miranda, Cavaleiro professo na Ordem Militar de São Bento de Avis, Coronel do Regimento da Praça de Setúbal. (Doc. de 13-05-1802).

Sêlo de lacre com as armas dos primeiros marqueses de Pombal

Cartela com dois escudos sob coronel de marquês.
Escudo 1 - Armas de Carvalho.
Escudo 2 - Armas de Daun (da condessa de Daun)

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Sêlo de lacre e sêlo branco com as armas do marquês de Faial


Escudo sob coronel de marquês
Armas de Sousas de Arronches 
Sobre-o-todo: Azevedo.
 D. Domingos de Sousa Holstein marquês do Faial 
(2º duque de Palmela, conde do Calhariz) (Doc de 7-01-1842)


Dois escudos sob coronel de marquês.
Escudo 1 - Armas de Sousas de Arronches
Do Iº Marquês do Faial
Escudo 2 - Esquartelado de: I - Teixeira. II - Sampaio. III - Amaral. IV - Guedes.
De Maria Luísa Noronha e Sampaio, mulher do Iº marquês do Faial.
(Doc. de 14-10-1848)

Sêlo de lacre com as armas do visconde de Canelas.

Escudo sob elmo e timbre?
Esquartelado: I - Silveira. II - Fonseca. III - Pinto. IV - Teixeira.

António da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira Coelho, visconde de Canelas, comendador na Ordem de Cristo, Grã-Cruz na Real e distinguida Ordem de Carlos IIIº, condecorado com a medalha da heróica Fidelidade Transmontana e Brigadeiro nos Reais Exércitos. (Doc. de 04-10-1828)

Sêlo de lacre com as armas de Nicolau Joaquim de Caria (Post número 1000!)

Escudo sob elmo e timbre de Cari (Carry)
Partido: I - Cari (Carry). II - Figueiredo?

Nicolau Joaquim de Caria, Cavaleiro professo na Ordem Militar de São Bento de Avis e coronel do Regimento de Infantaria de Viana. (Doc. de 27-04-1802)

Sêlo de lacre com as armas do 3º marquês de Alorna.

Escudo sob coronel de marquês.
Esquartelado: I e IV - Almeida. II e III - Bragança. (Portugal)

De D. Pedro de Almeida Portugal, Conde de Assumar, Marquês de Alorna, do Conselho de Sua Alteza Real, Vedor da Casa Real, Comendador da Ordem de Cristo, Marechal de Campo de Exércitos de S.A.R., Chefe da Legião de Tropas Ligeiras. (Doc. de 24-01-1804).

Sêlo de lacre com as armas do marquês de Alegrete

Dois escudos ovais sob coronel de marquês e timbre de?
Escudo 1 - Esquartelado de  I e IV -Menezes de Tarouca e II e III - ?. Sobre-o-todo - Menezes.
Escudo 2 - Teles de Menezes .

Luís Teles da Silva, Marquês de Alegrete, do Conselho do Príncipe Regente, Comendador da Ordem de Cristo e Coronel do 1º Regimento de Infantaria de Linha da Divisão do Centro. (Doc. de 3-08-1806)

Sêlo de lacre com as armas de José Maria de Aguiar

Escudo sob elmo e timbre de ?
Partido: I - Aguiar. II - Medeiros? Madeira?

José Maria Aguiar, cavaleiro na Ordem de São Bento de Avis, Brigadeiro dos Reais Exércitos do Príncipe Regente e Chefe do Regimento de Infantaria da Praça de Castelo de Vide. (Doc. de 08-1802).

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Sêlo de lacre com as armas de José Basílio Rademaker



  • Diplomata
  • Cavaleiro da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa (7.1.1823)
  • Comendador da Ordem de Cristo (1822)
  • Do Conselho de S.M.F. (1824)                                                         (Geneall.pt)

Sêlo de lacre com as armas de Franisco Xavier da Maia

Escudo sob elmo e timbre de Vieiras.
Esquartelado: I - Vieira (e diferença, uma brica carregada de um "F"). II - Maia. III - Oliveira. IV - Fonseca.
CBA de 17-06-1768 em nome de Francisco Xavier da Maia, Cavaleiro Fidalgo da Casa Real, professo na Ordem de Cristo, Tenente de Cavalaria de Alcântara, proprietário dos ofícios de Juiz da Alfândega-mor, e Reais Direitos da Ilha de São Miguel, natural da vila de Sintra.
(AHG 891).

Estas armas aparecem duas vezes num documento de 8-06-1832, assinado por Henrique da Fonseca Sousa Prego, do Conselho de Sua Majestade, Fidalgo da sua Real Casa, Comendador das Ordens de S. Bento de Avis, Torre-Espada, Imperial de S. Leopoldo da Áustria e Vice-Almirante da Armada Real.