segunda-feira, 19 de maio de 2014

Quinta da Boiça, Outeiro de Polima, São Domingos de Rana




 ESTA AGVA HE DE ANTº DE
SOVSA DE MACEDO QUE A CO
MVNICA AO POVO SO EMQ
VANTO FOR SVA VONTADE
SEM QUE POR NENHVM TEM
PO SE POSSA INDVSIR PRE
SCRIPÇÃO OV COSTVME
NEM DIREITO ALGVM

Escudo partido em cartela: I - Sousa (do Prado) II - Macedo.

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Solar de Gavinhos de Baixo, Oliveira do Hospital.









Escudo oval em cartela, sob elmo e timbre. Esquartelado: I - Moura. II - Cardoso. III - Mota. IV - Soares.

(Leitura de: Gonçalves, Eduardo Osório - "Raízes da Beira", Vol II, Dislivro Histórica, Lisboa, 2006, p,481)

Casa do Pisão de Coja, Arganil.





Escudo sob elmo e timbre, adornado de paquife.
Esquartelado: I - Figueiredo. II - Freire. III - Abranches. IV - Ferrão.
Diferença no primeiro quartel.
Pendente: A insígnia da ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa.
 CBA de 31-01-1866
Do Conselheiro Albino de Abranches Freire de Figueiredo.

(Leitura de: Gonçalves, Eduardo Osório - "Raízes da Beira", Vol I, Dislivro Histórica, Lisboa, 2006, p,700)

Casa dos Morgados, Santa Eulália, Seia.








Escudo sob elmo e timbre. Esquartelado: I - Ribeiro. II - Sotomaior. III - Vasconcelos. IV - Almeidas.

De Manuel Pinheiro de Sotomaior e Vasconcelos. CBA de 06-03-1732

(Leitura de: Gonçalves, Eduardo Osório - "Raízes da Beira", Vol II, Dislivro Histórica, Lisboa, 2006, p,650)

Casa de Vila Cova de Alva, Arganil.









Escudo sob elmo e timbre.
Esquartelado: I e IV - Figueiredo. II - Melo. III - ?.

(Leitura de: Gonçalves, Eduardo Osório - "Raízes da Beira", Vol II, Dislivro Histórica, Lisboa, 2006, p,38).

Solar dos viscondes do Ervedal da Beira





Escudo sob elmo e timbre, ornado de paquife.
Esquartelado: I - Pinto. II - Tavares. III - Sequeira. IV - Castelo-Branco

(Leitura de: Gonçalves, Eduardo Osório - "Raízes da Beira", Vol II, Dislivro Histórica, Lisboa, 2006, p,544)

 Foi mandado construir nos finais do séc. XV por Diogo Braz Pinto, e, pertencendo sempre à mesma família, nunca foi vendido, apenas sendo transmitido por herança. Do edifício primitivo, constituído por um longo andar térreo flanqueado por uma torre, restam a ala sul e a torre.

 No sé. XVII foi acrescentada a Capela ao corpo central e construída a linda varanda alpendrada donde se desfruta um magnifico panorama sobre a Serra da Estrela. em 1727/28 o corpo central foi reedificado ao gosto setecentista, datando dessa época a frontaria em que se destaca a harmonia das janelas de sacada a que correspondem , no interior, amplos salões de tectos alveolados.

Casa em Nogueira do Cravo






Armas plenas de Carvalhos, sob coronel de Conde.
(Condes da Redinha?)

Quinta da Costa, Nogueira do Cravo.